ramosprev.com.br

Advocacia Trabalhista

INSS

imposto de renda

Corte Internacional de Justiça ordena que Israel interrompa operações em Rafah

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Página de noticias

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Página de noticias

Fale com um advogado especialista

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Precisando de um advogado especialista em sua causa?

Somos o escritório certo para te atender

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

Tribunal, o órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados, também determinou que Israel garanta entrada de ajuda na fronteira entre sul de Gaza e o Egito. Israel diz que alegações são ‘falsas, ultrajantes e nojentas’ e que a campanha militar ‘não evou e não vai levar à destruição da população palestina civil em Rafah’.

  • Mais lidas
1


Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

2


Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

3


Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

4


Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

5


Mulher suspeita de jogar ácido em jovem no Paraná é presa pela PM

Página de noticias